Cultura Participativa com Sandra Chemin - Acaso e Sincronicidade

Depois que decidi dar uma guinada na minha vida, principalmente a profissional, tem acontecido diversas SINCRONICIDADES e este workshop é uma delas. Sempre quis conhecer a Petalusa que é um espaço inspirador e entrei em contato para pensar alguma parceria.

"A Petalusa é um coletivo de executivos, educadores, artistas, terapeutas, acadêmicos e profissionais das mais diversas áreas que convida as pessoas a vivenciarem processos de transformação de um novo jeito." 
http://petalusa.com.br 
Inscreva se

O resumo da história é que fui convidado para ajudar com a gravação de VÍDEOS do workshop. Logo que vi o workshop de Cultura Participativa da Sandra Chemin fiquei MUITO INTERESSADO por 2 motivos:

  • Pelo tema, pois estou envolvido com o tema COLABORAÇÃO há vários anos
  • Porque a Sandra Chemin foi pioneira e fundadora de uma das maiores agências digitais - Ogilvy Interactive - que em 2000/2001 atendemos para o projeto do Grupo VR quando eu tinha a agência Tomate Comunicação Digital.

Este workshop foi desenvolvido a partir da experiência prática da Enspiral*,uma rede global de 250 empreendedores e 10 start-ups fundada na Nova Zelândia há sete anos, pioneira em novos modelos de organização no trabalho.

A partir de uma dinâmica de apresentação de conceitos interativa e de exercícios os participantes vivenciam a prática de uma organização que distribui funções e atribuições de forma não hierárquica, estimulando um ambiente de autonomia, experimentação e legitimação de idéias.

O workshop de 4 horas compartilha processos, práticas e ferramentas usadas pela Enspiral.

https://www.sympla.com.br/workshop-sobre-cultura-participativa__185425

Você sabe o que é SERENDIPIDADE?

 

"Serendiptismo ou ainda Serendipitia, é um anglicismo que se refere às descobertas afortunadas feitas, aparentemente, por acaso.

A história da ciência está repleta de casos que podem ser classificados como serendipismo. O conceito original de serendipismo foi muito usado em sua origem. Nos dias de hoje, é considerado como uma forma especial de criatividade, ou uma das muitas técnicas de desenvolvimento do potencial criativo de uma pessoa adulta, que alia perseverança, inteligência e senso de observação.

"O acaso só favorece a mente preparada" Louis Pasteur

A palavra Serendipismo se origina da palavra inglesa Serendipity, criada pelo escritor britânico Horace Walpole em 1754, a partir do conto persa infantil Os três príncipes de Serendip. Esta história de Walpole conta as aventuras de três príncipes do Ceilão, actual Sri Lanka, que viviam fazendo descobertas inesperadas, cujos resultados eles não estavam procurando realmente. Graças à capacidade deles de observação e sagacidade, descobriam “acidentalmente” a solução para dilemas impensados. Esta característica tornava-os especiais e importantes, não apenas por terem um dom especial, mas por terem a mente aberta para as múltiplas possibilidades."

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Serendipidade

Sobre a Sandra Chemin...

Sandra foi pioneira da internet, quando fundou a Hipermídia, primeira agência digital do Brasil em uma época onde internet existia apenas dentro da universidade. Depois de vender sua agência, Sandra comandou a operação de internet da Ogilvy na América Latina. Um diagnóstico errado de câncer na família iniciou um profundo processo de transformação pessoal, levando Sandra a morar a bordo de um veleiro com seu marido e filhas, conhecendo mais de 30 países. Seu interesse em modelos participativos de gestão começou há dez anos quando foi co-fundadora de uma escola Waldorf em Paraty e fez a formação “O líder como facilitador” pela Adigo. Recentemente estruturou a expansão da Mesa&Cadeira, uma consultoria de inovação que prototipa soluções para grandes desafios em curtos períodos de tempo. Palestrante, fez duas apresentações no TEDx . 

Sandra é consultora e conselheira de empresas, membro da Enspiral e embaixadora da Edmund Hillary Fellowship, programa que criou o único visto do mundo para atrair empreendedores e incubar projetos de impacto global a partir da Nova Zelândia. Seu mais novo projeto chama future.you, um programa de mentoria que traz uma nova perspectiva sobre trabalho e ajuda as pessoas a escolher o estilo de vida que querem levar e desenhar seu trabalho ao redor dele.

*https://enspiral.com/ 

Assistam este vídeo para conhecer a história (#Inspiradora) da Sandra Chemin: